A geografia é uma matéria instigante. Por meio de seu estudo você consegue ter uma visão crítica da paisagem, analisar as planícies e planaltos, além de conhecer a nossa realidade política com olhos críticos.

Saber como estudar geografia pode parecer complicado inicialmente, mas não é não.

1. Conheça os assuntos que mais caem nas provas que irá prestar

Antes de mais nada, saber como estudar geografia passa por conhecer os assuntos que mais caem nas provas que você irá prestar. 

Os conteúdos da geografia que merecem sua atenção na prova do Enem são:

  • Impactos ambientais;
  • Geografia Econômica;
  • Geografia Urbana;
  • Geografia Agrária;
  • Geografia Cultural;
  • Geopolítica;
  • Biogeografia;
  • Demografia;
  • Climatologia;
  • Geologia;
  • Energia;
  • Cartografia;
  • Geografia do Brasil;
  • Geomorfologia.
  • Globalização;
  • Blocos Econômicos;
  • Terceira Revolução Industrial;
  • Potências emergentes;
  • Disparidades socioeconômicas mundiais;
  • Problemas ambientais globais;
  • Mudanças na estrutura da população brasileira;
  • Problemas urbanos estruturais e ambientais;
  • Cartografia: leitura e análises de mapas, gráficos e tabelas;
  • Fontes alternativas de energia;
  • Problemas sociais e estruturais urbanos;
  • Problemas ambientais urbanos;
  • Agronegócio no Brasil;
  • Migrações internacionais;
  • Petróleo e Pré-sal.

2. Veja jornais, revistas e redes sociais e fique antenado nas notícias

A geografia possui várias vertentes, e muitas delas estão relacionadas à sociedade de maneira intrínseca. 

Os impactos ambientais, a Geografia Econômica, a Geopolítica e outras, que certamente você verá em suas provas de acesso ao Ensino Superior, são muito difundidas e discutidas em jornais e revistas impressos ou virtuais.

E é por isso que assistir aos telejornais ou mesmo se inteirar sobre esses assuntos por redes sociais — sempre por fontes confiáveis — é fundamental para se preparar para a geografia do Enem e demais vestibulares. 

Você verá como a geografia influencia e muito a sociedade, a economia e demais assuntos. O que recomendamos, inclusive, é que você se informe por vários meios diferentes e que apresentem os conteúdos de pontos de vistas distintos, para que assim você possa criar um pensamento crítico a respeito do assunto estudado.

3. Estude geografia de maneira contextualizada

Essa dica de como estudar geografia é altamente valiosa, portanto, não tire-a da cabeça. 

A dica é: estude geografia de maneira contextualizada. 

Se seu foco é mandar super, mega bem no Enem, você deve seguir essa nossa estratégia sem nem pestanejar. Isso porque o Exame Nacional do Ensino Médio costuma cobrar as questões de modo contextualizado com a nossa realidade, trazendo enunciados que mostram como determinado conteúdo pode acontecer na sociedade. 

Portanto, o ideal é que você tenha em mente que os fenômenos geográficos podem ser vivenciados por você. Procure olhar para essa matéria fora do papel. 

E isso é muito possível, já que respiramos geografia o tempo todo, com os diferentes relevos, as distintas maneiras de se viver seja no campo ou na área urbana, tudo nos mostra que essa disciplina faz parte do que somos e não há como entender a vida em sociedade sem estudá-la profundamente. 

4. Dê atenção especial aos mapas

A cartografia é uma das áreas mais famosas da geografia. Portanto, não há como estudar geografia sem dar uma atenção especial aos mapas.

Entender cada relevo brasileiro é realmente um assunto que tomará seu tempo de estudo. Inclusive, muitas universidades que possuem vestibular próprio, como algumas do sul do país, costumam cobrar questões bastante específicas da geografia física e de seus relevos. 

Por isso, se você possui uma aprendizagem mais visual, estudar por meio de mapas é uma ótima pedida. 

5. Tenha um olhar crítico às paisagens 

Passe a observar as paisagens de modo crítico e não apenas com um olhar de admiração pelas belezas naturais ou modificadas pelo homem.

Saber como estudar geografia significa que você deverá saber como identificar as características de determinada paisagem, como seus aspectos físicos e morfoclimáticos. 

Quando o assunto são as grandes metrópoles mundiais, como São Paulo, por exemplo, é necessário observar questões pertinentes à segregação espacial, verticalização e, claro, problemas ambientais.

6. Dedique-se à teoria

Os geógrafos se dedicam às mais diversas áreas da disciplina de geografia e tentam desvendar os mistérios e conteúdos para você.

Por isso, saber como estudar geografia é também ler a teoria e utilizar a interpretação de texto para retirar o máximo que conseguir da literatura. 

7. Faça programas culturais

Outra maneira bem prática e “fora da caixa” de como estudar geografia é fazer programas culturais, como visitas a museus e exposições de arte cujos temas sejam relacionados à geografia.

Essas alternativas são bastante produtivas para absorver o conhecimento. Sair da rotina é ideal para que você consiga respirar novos ares e aprender de modo prático.

8. Inteire-se da vida política

A geopolítica é um dos temas mais interessantes da disciplina. Essa vertente tem como objetivo central analisar a realidade global levando em conta o estudo das guerras, conflitos e disputas ideológicas, o que culmina na realidade política vivenciada atualmente. 

Para conhecer esse assunto profundamente, é necessário que você conheça bem a realidade política e econômica do Brasil. Além disso, participar da vida política de seu bairro e cidade fará com que você vivencie e, logo, conheça melhor o tema, contribuindo para a mudança de realidade.

Perceba, inclusive, como esse tema tudo tem a ver com a história. Portanto, quando estiver estudando geopolítica relacione-a às épocas históricas que marcaram determinado conflito, isso será realmente valioso para estudar para as duas matérias de modo interdisciplinar.

9. Seja questionador

Se você gosta e se interessa por geografia, ser questionador já está em seu sangue. 

Ao contrário do que muitos imaginam, essa disciplina não é só voltada aos estudos físicos dos territórios, ela analisa fenômenos antrópicos que mudam nossa realidade intimamente. A própria política nacional está ligada a vários acontecimentos geográficos que aconteceram há anos, como os conflitos por terra e a colonização, por exemplo.

Portanto, seja questionador quando estiver estudando geografia, sempre investigue mais do que apenas aceitar o que estiver lendo, você verá como essa estratégia abrirá a sua mente e te fará mandar superbem nos vestibulares e Enem.

Fonte: blog.imaginie.com.br

ÚLTIMAS DO BLOG​